Steven Prior: o feio que satisfaz!

Meu caro amigo,

Se você é do tipo que acredita que quem vê cara não vê o resto, o senhor tem chances de gostar de Mister Steven Prior, um dos maiores “talentos” do hard show business atual, com mais de 25cm de envergadura.

Digo envergadura por dois motivos. Primeiro pelo trocadilho previsível (em + verga +dura) e nada criativo. Segundo porque o termo envergadura é o termo utilizado para representar a distância entre as duas pontas de um ser ou um objeto com asa. É, é isso mesmo. Se o senhor só conhecia de nome, esteja agora apresentado ao famoso caralho de asa. Não pode ser menos do que isso.

Pois bem, caralhos à parte, a questão é se gostamos ou não de Steven Prior. Eu não digo que não gosto. Não é isso. Sinto um pouco de medo quando olho pra ele, mas minha covardia não diz respeito aos senhores. Vejo-o, tenho certeza disso, muito mais feio do que ele deve ser. A mãe do rapaz, muito provavelmente, não o considera tão feio quanto eu considero. Outros amigos nossos podem considerá-lo um kiwi: feio por fora, bonito por dentro e gostoso. Quem conseguirá explicar o desejo? Quem vai se dar ao trabalho de olhar para o rosto desta criastura enquanto ele entra e sai de outra? Poucos. Não é pra isso que estamos aqui e nem para isso que ele está nos mais de dez filmes pornôs gays que já fez (todos na Mister DVD Vídeo, claro!).

No fundo o que fica é uma lição: ponografia não tem nada a ver com ciências humanas. Trata-se de ciências sociais aplicadas.

É isso.

Beijosssssssss,

Mister Man